quarta-feira, 11 de maio de 2011


O que faço com tantas palavras?
Onde eu me vejo diante de todas essas palavras?
Por onde passo na rua, na Web, em casa nos livros, vejo tantas palavras, eu me vejo nesta enxurrada de letras, sinais que são como letras.
Neste caudaloso rio de sinais
com ou sem sentido
Sou levado não sei pra onde num mar de palavras, sem dó nem piedade e fico náufrago-refém de Letras!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! o que vc achou?

Nosso Cardápio